Reportagem: Guia da Semana UOL – Vegetariano, não! Vegan!

É impressionante como o tema está entrando no cotidiano das pessoas, como vem ganhando espaço e como cada vez mais a informação passa a ser viral.
A alguns anos atrás só da palavra vegetarianismo aparecer nas colunas ou manchetes de noticias online ou impressas já era algo que espantava a nós dos direitos dos animais, “Poxa que legal olha só! falando sobre vegetarianismo”. Hoje com a internet a informação duplica a velocidade com que as pessoas são abordadas por qualquer tema. E os direitos dos animais também se beneficia.

Esta é uma materia que saiu na Guia-da Semana UOL, um grande portal brasileiro.

Apaixonados por animais e pela natureza, os adeptos ao veganismo abrem mão de comer qualquer tipo de carne e alimentos de origem animal para defender seus ideais

Por Nádia Tamanaha

Vegetariano não! Vegan!

Vegetariano não! Vegan!

Hambúrguer, gelatinas, chocolate ao leite e massas são apenas alguns dos pecados gastronômicos aos quais a gente quase nunca resiste. Agora imagine alguém que não consome nenhuma dessas delícias e só come verduras, frutas e alimentos de soja. Os vegans, ou veganistas, vivem assim e não tem nenhuma reclamação a fazer.Diferente dos vegetarianos, os vegans não consomem nem vestem nada que tenha origem animal. Alimentos feitos à base de ovos, leite e mel são riscados do cardápio deles, assim como produtos testados em animais e roupas de couro, peles e penas são banidos de seus guarda-roupas.

Desde que vídeos como Terráqueos e o brasileiro A Carne é Fraca, que revelam todo o processo do abate de animais e peixes, foram divulgados na internet, os defensores dos Direitos dos Animais vêm ganhando cada vez mais simpatizantes. Entre os novos adeptos, existem muitos adolescentes que resolveram abraçar a causa e fazer do veganismo um estilo de vida.

(…)

Quero ser vegan!
Na hora de aderir ao veganismo, a maioria não se preocupa muito com a opinião de um nutricionista. Mas as dicas de um profissional são muito importantes e podem esclarecer diversas dúvidas.A nutricionista Patrícia Bernardes alerta que toda restrição alimentar a longo prazo causa certas deficiências no organismo. “Ao excluir a carne e outros alimentos da dieta, a pessoa pode ficar com carência de proteínas, vitamina B12 e zinco, por exemplo”, diz. Além disso, a nutricionista diz que o consumo exagerado de vegetais pode causar outras pequenas deficiências, como a flatulência.

Muitos dizem que uma dieta baseada apenas em frutas, verduras e soja é uma porta aberta para a anemia. Segundo Patrícia, isso não é mito, nem verdade. “Depende do organismo da pessoa e também da forma como ela prepara os alimentos. Por exemplo, as folhas escuras, como o espinafre, são riquíssimas em ferro. Se refogada, ela mantém as propriedades. Mas, se for cozida, ela perde as vitaminas e aí, vai ser a mesma coisa que comer papel”, diz.

As substâncias que estiverem em falta no organismo podem ser repostas através de suplementos vitamínicos e nutricionais, sempre receitados por médicos e nutricionistas. No entanto, Patrícia alerta que para ter todas as vitaminas e proteínas é preciso seguir uma dieta balanceada. “É importante que não haja eliminação de alimentos, e sim, substituição”, diz.

Eles não consomem…
A lista do que os vegans não consomem é extensa. Ela inclui desde alimentos até vestimentas e remédios. Confira algumas das restrições dos adeptos ao veganismo:

• Qualquer tipo de carne
• Qualquer alimento que tenha ovo ou leite em sua composição
• Mel e todos os produtos oriundos de insetos
• Roupas de pele, lã, seda, camurça
• Acessórios feitos de pérolas, dentes, garras e plumas
• Travesseiros de pena
• Remédios alopáticos, que são testados em animais
• Vacinas e soros só devem ser usados em caso de vida ou morte
• Qualquer cosmético e produto testados em animais

*A discriminação especista pressupõe que os direitos e interesses de outro individuo são menos importantes por ele pertencer a outras espécies.


Moda Vegan
Em fevereiro desse ano, a atriz Natalie Portman lançou uma linha de sapatos vegan, em parceria com a grife Té Casan. Livre de produtos de origem animal, as peças da coleção de Portman são uma alternativa e tanto para as adeptas ao veganismo.
Em depoimento publicado no site da grife, Natalie afirmou que a nova coleção oferece ótimas opções que não comprometem a qualidade nem o estilo dos sapatos. A linha oferece desde as rasteirinhas até as sandálias e sapatos de salto alto, que agradam às vegans fashionistas.

Além de Natalie Portman, Jude Law, Alicia Silverstone, o casal Angelina Jolie e Brad Pitt e o vocalista do 30 Second to Mars Jared Leto são algumas das outras celebs que aderiram ao veganismo.

Anúncios

About Alex Avancini

Alex Avancini é anti-especista e incentivador da ação pelos direitos dos animais não humanos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: